ATECS - Assessoria Contábil      

Notícias

Dia 28/06/2016 - Contabilidade

Sete dicas para entregar a Escrituração Contábil Fiscal dentro do prazo

O período da obrigação foi ampliado em um mês, após a publicação recente de uma nova instrução da Receita Federal do Brasil.

Neste ano, a entrega da Escrituração Contábil Fiscal (ECF) deve ser feita até 29 de julho. O período da obrigação foi ampliado em um mês, após a publicação recente de uma nova instrução da Receita Federal do Brasil. A Sage elenca sete dicaspara auxiliar empresários e contadores a entregarem a ECF dentro do prazo. Confira:

1 – Novo prazo
A Receita Federal alterou, em maio deste ano, a legislação sobre a ECF, estabelecendo um novo prazo de entrega: o último dia útil do mês de julho do ano seguinte ao ano-calendário ao qual a escrituração se refere. Ou seja, em 2016, a ECF relativa ao ano-calendário de 2015 deve ser entregue até 29 de julho.
No caso de situações especiais, como incorporações, fusões, cisões ou encerramentos, que tenham ocorrido entre janeiro e abril do atual ano-calendário, vale o prazo de julho do mesmo ano para a entrega da ECF. Já se estas situações ocorrerem de maio a dezembro, a entrega da obrigação deve ser feita até o último dia útil do terceiro mês subsequente ao período do evento.

2 – Quem deve entregar?
A entrega da ECF relativa ao ano-calendário de 2015 é obrigatória para todas as pessoas jurídicas, tributadas pelo lucro real, arbitrado ou presumido, e também para as entidades imunes e isentas (sem fins lucrativos).
As empresas que se enquadram no Simples Nacional, os órgãos públicos, as autarquias e fundações públicas e as pessoas jurídicas inativas estão liberadas dessa obrigação.

3 – Exceção
Motivo de muitas dúvidas entre os profissionais da área contábil, as empresas que não tiveram movimentações financeiras no ano-calendário de 2015, ou seja, que não apresentaram faturamento, mas que realizaram alguma transação administrativa (pagamento de aluguel e conta de luz, por exemplo), devem entregar a ECF dentro do novo prazo estabelecido. Portanto, não confundir a empresa sem movimentação com a empresa inativa.

4 – Assinatura
O contador e o responsável pela empresa, denominados por signatários da escrituração, devem assinar o arquivo da ECF utilizando um certificado de segurança do tipo A1 ou A3, emitido por entidade credenciada pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP Brasil), mediante e-PF ou e-CPF.
A ECF também pode ser assinada por um procurador, que pode ser o contador, desde que o responsável pela empresa autorize. A procuração deve ser obtida no site da Receita Federal do Brasil.

5 – Inovações da ECF
Para as empresas obrigadas a entregar a Escrituração Contábil Digital (ECD) é possível utilizar os saldos e as contas no preenchimento inicial da ECF. Outra novidade é que, por meio do Bloco E, a ECF recupera os saldos finais da escrituração do ano-calendário anterior.

6 – Auditoria e Cruzamento dos Dados
Nem todos os dados da ECF são gerados automaticamente pelo programa. Por isso, podem ocorrer erros ou omissão de informações. Ao preencher, é importante fazer o cruzamento de dados de um campo específico com os de outros campos informados. Também deve-se ter cuidado ao auditar as memórias de cálculos e planilhas do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSL). Não esqueça, há penalidades pela retificação ou entrega em atraso.

7 – Adições e Exclusões
O Fisco não aceita todos os tipos de despesas e receitas. Por isso, recomenda-se que a Lei nº 12.973/2014 e a Instrução Normativa RFB nº 1.515/2014 sejam consultadas previamente. Desse modo, a empresa pode verificar em quais regras se encaixa para que faça o preenchimento correto dos dados. Multas de trânsito, brindes, provisões temporárias e gratificações à diretoria são exemplos de despesas não aceitas. Há ainda as exclusões de receitas, como as “Perdas em Operações Realizadas no Exterior”, por exemplo, que precisam ser observadas.

Voltar

Acompanhe nosso blog

VEJA TODAS AS PUBLICAÇÕES

Siga-nos nas Redes Sociais:    Siga-nos no Twitter  Curta nossa Fã Page  Siga-nos no Instagram


Últimos vídeos postados

  • Normas, Programa e Atualizações - Tudo sobre IRPF 2019 O imposto de Renda da Pessoa Física começa a ganhar espaço na vida de todo profissional contábil e da população em geral. São muitos os detalhes que devem ser considerados nessa obrigação e este ano o prazo para a entrega das Declarações está ainda menor! Nosso Webinar que tratará todas as novidades do IR 2019 e te deixará preparado para este desafio. Via: Portal Contábeis
  • Tendências para área de Finanças e Contabilidade Quer saber quais são as tendências de contratação e remuneração para área de Finanças e Contabilidade em 2016? Nossos consultores dão um panorama sobre o setor e revelam o que é valorizado pelas empresas.

Últimas notícias postadas


ATECS - Assessoria Contábil

Rua Coronel Claussen 95 - Várzea - Teresópolis/RJ     /     (21) 2042-2803

© Copyright 2012 - Atecs - Todos os direitos são reservados

www.digicriativa.com.br